26 de agosto de 2011

Violência conta o Saci

Em casa, Saci Pererê virou bode-expiatório para o Miguel.

"Quem melecou a geladeira de chocolate, Miguel?"
"Não fui eu. Acho que foi o Saci..." (com a cara toda melecada de chocolate)

"Miguel, quem riscou todo o lençol da minha cama?!!!!!"
"Não sei... deve ter sido o Saci..."

Hoje perguntei para ele:

"Miguel, você sabe como capturar o Saci?"
"A gente faz assim, mãe, risca um X no chão, coloca um copo do lado do X... Quando o Saci pisar no X, ele vai tropeçar no copo... ai a gente pega uma faca e corta o Saci!" [fazendo gesto de cortar o pescoço]

Ele ainda quis justificar ao ver minha reação de choque. "Ele é malvado, fica fazendo bagunça!"

Depois de uns risos escondidos, virei para ele e perguntei "não seria melhor fazer outra coisa? Sem machucar ele? Que tal amarrar ele?

Ele topou. E o Saci respirou aliviado.

Um comentário:

Rose Misceno disse...

Morri de rir!! Dá idéia do seu filhote e imaginando a cara que vc fez!!!
Minha filha de dois anos andou uma época culpando uma amiga da escola, tudo que ela fazia de errado dizia ter sido a fulana, então eu perguntava "mas cadê a fulana?" e ela com a cara mais sapeca do mundo respondia "sumiu, mamãe, foi embora lá longe"...criança tem cada uma!



Beijão.

=)